Quer saber o que est? acontecendo aqui? Leia a parte 1 ;-) 

A religiosidade precisa estar atrelada a um ou mais Deuses?

Ser religioso, m?stico ou espiritualizado implica em crer em Deuses?

Eu sinto que o Universo vai al?m da mat?ria, que todos n?s estamos caminhando em dire??o a uma forma de consci?ncia mais ampla do que esta que temos hoje, creio mesmo que podemos nos comunicar com um tipo de consci?ncia c?smica, o P?, usando or?culos, mas n?o creio que esta consci?ncia espere algo de mim, que ela tenha criado o Universo ou mesmo que ela o influencie de qualquer forma.

A minha espiritualidade n?o tem Deus.

Um dia falarei em deuses a que dou ouvidos em busca de sabedoria e orienta??o, mas quando eu estiver morto ? ao P? que desejo retornar se poss?vel e n?o a estes deuses.

Este post ? sobre o papel dos Deuses no caminho espiritual. Sobre os deuses acima sugiro a leitura de Dr Strange Shamballa

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest
  • Gmail
  • Tumblr
de J. M. Dematteis (n?o achei no Brasil).

A quest?o ?, que seja o que for que n?s e nossa consci?ncia seremos em um milh?o, em dez milh?es de anos, ? t?o inconceb?vel para n?s que pode se tornar mais f?cil imaginar um Deus com as caracter?sticas que acreditamos que vieremos a alcan?ar.

Tamb?m poder?amos nos concentrar mais em dar um passo de cada vez e procurar quais s?o os obst?culos que encontramos AGORA para a expans?o da nossa consci?ncia. Sou adepto desta abordagem e por isso fui abandonando os Deuses.

Convenhamos que, normalmente, Deuses s?o um artif?cio para impor a ordem ou um ponto de vista pela for?a do medo e estes deuses s?o na verdade anti-deuses se considerarmos que nosso caminho ? em dire??o ? coragem, independ?ncia e sabedoria. J? falei deles em uma parte anterior a esta.

Impor a ordem ? necess?rio quando n?o vemos raz?o para viver em ordem e este tipo de Deus pode ser muito ?til para quem n?o v? outra raz?o para o bem al?m do medo do castigo, mas volto a dizer que j? falei sobre estes Deuses tamb?m e que isso n?o tem nada a ver com espiritualidade, consci?ncia ou o P? que estamos buscando.

Um Deus nos leva em dire??o ao futuro, nos torna melhores, quando ? uma meta alcan??vel.

Cristo era uma meta alcan??vel: um homem como qualquer um de n?s que chegou a dizer que tudo que ele foi, tudo que ele fez n?s far?amos melhor. Mas isso foi s? at? Nic?ia no s?culo IV quando arrancaram Cristo da Terra e o tornaram um Deus t?o inalcans?vel quanto qualquer daqueles outros que era usado para dar poder e autoridade aos fara?s.

Um dia pensei ter criado uma f?bula que depois achei na tradi??o chinesa: O primeiro Deus nasceu quando uma pessoa dormiu sob uma ?rvore e sonhou que seus p?s eram a raiz envolvendo a Terra, seu corpo o tronco e sua cabe?a e cabelos o c?u e as estrelas.

Nossa adolesc?ncia est? acabando. Sabemos que estamos evoluindo e que n?o h? um limite para isso. Um dia seremos Vorlons (vide Babylon 5

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest
  • Gmail
  • Tumblr
) muito al?m de qualquer um dos nossos sonhos. Precisamos de Deuses que nos libertem, nos digam que podemos e devemos crescer. Precisamos de Deuses que nos falem dos nossos la?os com nossa m?e Gaia (e aqui est?o os meus Deuses antes do que pensei que apareceriam) e sobre a voca??o da nossa consci?ncia e este Deus poderia ser o Cristo se n?o lhe tivessem roubado a alcunha de nosso irm?o tornando-o nosso pai.

Continuamos adorando os Deuses que nos mantinham na linha quando ainda n?o t?nhamos maturidade para saber porque fazer o certo, agora precisamos de Deuses que nos ajudem a explorar nosso potencial: dos Deuses do corpo para os Deuses do esp?rito