Continuando o que comecei aqui

Dawkins est? errado…

H? muito mal nas religi?es modernas, em quase todas, mas crer em Deuses n?o ? uma tolice maior do que acreditar que somos capazes de raciocinar. Provavelmente n?o somos e n?o passamos de animais que parecem raciocinar, no entanto esta ilus?o nos estimula a desenvolver nossa limitada capacidade de racioc?nio.

As religi?es s?o necess?rias quando n?o achamos outra raz?o para sermos civilizados, a religiosidade aponta uma meta para a nossa consci?ncia bem al?m daquela com que podemos sonhar

Nossa civiliza??o n?o ? uniforme. H? uma infinidade de grupos sociais e culturais separados por prioridade e n?o por capacidade.

Alguns grupos precisam de uma religi?o que lhes diga “se voc? viver irresponsavelmente, roubar, estuprar ou matar passar? a eternidade do p?s morte em sofrimentos inimagin?veis” e outros precisam de uma religi?o que diga “se voc? n?o desenvolver sua consci?ncia poder? nascer como uma mosca na pr?xima encarna??o e voc? n?o vai gostar disso”.

Estas pessoas n?o s?o burras, n?o s?o ignorantes, elas simplesmente n?o est?o dispostas a se preocupar com isso. Podem estar, por exemplo, projetando aceleradores de part?culas ou pintando bel?ssimos quadros.

Al?m disso cada era tem suas tolices compartilhadas por toda a civiliza??o simplesmente porque ningu?m estava pensando nisso antes, como casamentos arranjados ou direitos dos terr?queos n?o humanos.

Existe at? uma raz?o para isso que j? citei neste blog em algum dos posts “Lembretes para o dia-a-dia”: ? necess?rio atrito.

A transgre??o, a mudan?a ? necess?ria para evoluirmos, mas sem o atrito proporcionando por alguma tradi??o e conservadorismo mergulhar?amos no caos. Quer uma prova?

Recentemente uma amiga viajou para a ?ndia e, em seu di?rio (infelizmente n?o dispon?vel online), me chamou a aten??o para o que aconteceria se os mais de um bilh?o de indianos abandonassem sua tradi??o em castas e todos os miser?veis de l? quisessem ser ricos como querem todos os outros no modelo ocidental.

A violenta luta entre classes talvez fosse o primeiro desastre a ser notado, mas haveria o impacto ambiental de 200 milh?es de carros, centenas de bilh?es de rolos de papel higi?nico e os produtos qu?micos atirados no meio-ambiente.

Ela passou apenas 10 dias l? e isto pode n?o refletir claramente o cen?rio na ?ndia, mas creio que ? bem ilustrativo.

A ocidentaliza??o e conseq?ente expans?o da cultura de consumo parecem inevit?veis.

Precisamos de um paradigma capaz de moderar nossa sede de gadgets e confortos, algo como consci?ncia ecol?gica, humanismo e conhecimento cient?fico.

Infelizmente vivemos em um mundo de vastos hiatos sociais e culturais onde, apesar deles, a cultura de massas se expande cada vez mais rapidamente.

? neste contexto que as religi?es estabelecidas tem um papel regulador essencial. Sem elas o consumismo e o empreendedorismo (em minha opini?o) se alastrariam t?o rapidamente que esgotar?amos nossos recursos n?o em d?cadas, mas em anos.