Primeiro aviso: eu sei que a imagem ? do filme! Vou falar dele no final do post, ok?

Segundo aviso: n?o fa?o spoiler, pode ser se medo. Se e perceber que preciso fazer algum vou colocar depois de tudo e bem avisado.

Cr?tica do livro

A Coisa me impressionou muito.

Li O Iluminado h? uns 20 anos e s? lembro de ser um bom livro de Terror. IT ? bem mais que isso.

Tenho resumido dizendo que pode-se facilmente tirar o monstro da hist?ria e ainda ser? um excelente livro que nos conduz atrav?s de boa parte do s?culo XX abordando desde a homofobia e o racismo at? a viol?ncia contra mulheres e crian?as.

? um espectro muito vasto para comentar em detalhes aqui e sem fazer spoiler, mas j? me permite uma primeira sugest?o: quem quer um livro de suspense e terror para se desconectar da realidade pode n?o gostar de A Coisa.

Minha sugest?o de leitura seria “preste aten??o nas pessoas”. Cada personagem ? rico e nos leva a entrar em contato com coisas muito reais para n?s mesmos ou para pessoas pr?ximas de n?s.

Um efeito curioso disso ? que as partes mais assustadoras s?o muito reais e n?o envolvem A Coisa. S?o situa??es que podem e devem estar acontecendo agora mesmo enquanto voc? l? esse texto e estar?o acontecendo enquanto voc? estiver lendo.

Stephen King consegue nos guiar pela hist?ria intercalando a presen?a crescente da Coisa com as hist?rias que giram em torno dos sete protagonistas de uma forma que n?o h? momentos de monotonia pois cada uma das hist?rias paralelas ? empolgante ou impressionante ? sua maneira.

Uma amiga acaba de dar a vers?o de papel para a afilhada que tem quinze anos e diz que n?o tem medo de terror.

Eu n?o daria IT a qualquer jovem de quinze anos.

Logo no come?o voc? percebe que o livro oscila entre a inf?ncia e a idade adulta dos protagonistas e, tanto os acontecimentos na inf?ncia deles quanto os na idade adulta s?o apresentados sem subestimar o leitor.

Se voc? quer proteger a crian?a do mal que existe no mundo ent?o IT pode n?o ser para ela.

? claro que conhecer o mal nas p?ginas de um livro ? muito melhor do que enfrent?-lo pela primeira vez em sua pr?pria vida e eu gostaria de indicar o livro para todas as crian?as acima dos 12 anos, mas cada fam?lia deve saber qual ? o seu “timing”. S? acho dif?cil uma crian?a com menos de 12 anos saber encarar numa boa o que IT tem para mostrar.

Se voc? pretende comprar o livro para um adolescente a minha sugest?o ? que voc? folheie pelo menos os trechos com a Beverly adulta. Fica f?cil se voc? estiver com a edi??o digital.

Existe uma cena que eu acho muito ousada, mas gosto, e gostaria de comentar com as pessoas, mas ? um spoiler enorme! Com sorte algu?m saber? que cena ? e colocar? nos coment?rios, ent?o, se voc? n?o quer spoilers n?o leia os coment?rios.

A Tradu??o

Minha esposa e boa parte dos meus amigos s?o tradutores ent?o isso ? algo que me chama muita aten??o.

Temos um mercado de tradu??o brilhante no Brasil. N?o s?o poucos os livros que considero melhores na vers?o nacional que na original.

Eu j? conhecia tanto o trabalho da Regiane Winarski quanto a pr?pria Regiane (que ? uma amiga querida) e decidi que esse era o momento de ver porque tantos amigos gostam tanto de Stephen King.

A tradu??o anterior foi feita na d?cada de oitenta do s?culo passado e, al?m de algumas partes terem sido “amaciadas” (talvez por solicita??o da pr?pria editora e n?o do tradutor) ela tinha um ritmo mais caracter?stico da d?cada de 70 que tornava a leitura menos fluida e, me parece, menos coerente com o estilo do Stephen King.

? claro que a edi??o de um livro n?o termina na tradu??o: os editores podem melhorar ou at? estragar o trabalho do tradutor. Portanto est?o todos de parab?ns.

O Filme

Depois de ler o livro tive que rever o filme e… Bem… Creio que a maioria dos leitores v?o concordar comigo: o filme ? ruim.

Veja bem, n?o culpo o roteirista, o diretor, o montador ou mais ningu?m: n?o consigo imaginar como fazer um bom filme ? partir de A Coisa, ent?o n?o posso esculhambar os outros.

No entanto algumas coisas importantes se perderam.

IT ? sobre a apatia humana diante da crueldade, sobre a invisibilidade das crian?as, sobre a capacidade de manter a mente aberta para as possibilidades e, acima de tudo, ? sobre responsabilidade e fidelidade aos amigos.

Isso tudo ficou pouco tang?vel no filme que acaba sendo uma correria entre apari??es da Coisa.

E ainda assim as cenas em que ela aparece foram bem resumidas. Bem… S?o mil p?ginas para transportar para a tela…

A Coisa ? um ?timo instrumento para quem quer mostrar as vantagens da leitura para um jovem pois o filme sempre ser? uma sombra p?lida da obra. Creio que isso deve se repetir em muitos livros do Stephen King.

Ainda assim os f?s de terror podem gostar do filme… Apesar do que eu acho que merecia ser produzido novamente aproveitando que filmes de nove horas divididos em tr?s partes agora s?o moda.