Sabrina

Imagine uma parede de tábuas mal alinhadas que deixam espaços por onde vem a luz do sol, o frio da noite, a fumaça das drogas, o medo que mora ao lado. O sofá é velho, mostarda, encardido e com alguns rasgos por onde escapam...

consulte Mais informação