impressionante como uma histria simples pode se desdobrar em tantas facetas graas a uma grande atuao (Ellen Page no papel pricipal de Tracey Berkovitz) e, principalmente, a um roteiro e edio brilhantes!

Pode ler o restante do artigo sem medo de "spoillers" pois eu no fao isso.

Talvez a protagonista de 15 anos no seja a menina padro dos nossos centros urbanos, mas definitivamente um bom modelo.

Ela comete erros, pelo menos um grande erro e outros pequenos, mas, e talvez essa seja a maior qualidade do filme, no se trata de cometer ou no erros, mas da fora do carter que, a propsito, me lembra Lyra Belaqua de Philip Pullman.

Como uma jovem mulher de 15 anos se sente diante do mundo hoje? Como ela devia se sentir? Como deveria se apresentar? Como uma criana desamparada e insegura ou com independncia e confiana? Tracey com certeza mais forte e segura que a maioria dos adultos no filme. Alis uma das personagens mais fortes que tive o prazer de conhecer.

Alm da excelente atuao de Ellen Page temos a edio que povoa a tela de pequenas janelas onde fragmentos da histria circulam em ritmos e fluxos de tempo dispersos construindo uma experincia intelectualmente estimulante, rica e significativa. Voc provavelmente se lembrar de Memento, mas esta pelcula vai alm tecendo simultaneamente cenas do incio, do meio e do fim.

Curiosamente a narrativa fragmentada contrasta com a personalidade solidamente (e precocemente) coesa da protagonista o que me fez pensar que o mundo em transio deste incio de sculo pode ser frgil, mas ns humanos nos tornamos mais fortes mantendo o equilbrio desse complexo mbile.

um filme para comprar e ter em casa.

Sugiro apenas que voc afie o Ingls antes de assist-lo e evite as legendas para saborear cada fragmento da narrativa.

Em tempo… O filme baseado no livro homnimo de Maureen Medved, um dos prximos na minha lista de leituras.

Links: