Recebi por email mais uma vez aquela apresenta??o para ter sorte que recebi no ano passado (e at? comentei aqui).

? fogo… A galera toda reclama dos livros e filmes que falam em motiva??o, organiza??o, m?todos para atingir metas e colocam tudo no balaio da auto-ajuda e do pensamento possitivo, mas o que mais vejo ? gente que precisava desesperadamente desas id?ias.

O Livro da Boa Sorte ai ao lado ? um bom exemplo de coisa que jogam no balaio da auto-ajuda, mas transformaria profundamente a vida de todas essas pessoas que reenviam correntes com mantras, anjinhos, simpatias e mensagens de boa sorte do Dalai Lama (claro que n?o s?o dele).

Fico pensando no que nos leva a repassar essas correntes.

Ser? o medo supersicioso de haver mesmo uma m?gica que n?o compreendemos no mundo e que ela pode nos castigar se n?o acreditarmos em suas promessas? Ser? o cansa?o psicol?gico que nos leva a sonhar com um Deus ou poder m?gico que trar? a boa fortuna at? n?s enquanto honramos seu poder em ora??es e mandingas?

At? mesmo obras que me parecem claramente criadas para nos dizer “Rapaz! T? tudo na sua m?o! Se voc? n?o assumir a responsabilidade por sua vida, n?o focar seus objetivos, n?o sentir que pode ating?-los e n?o trabalhar por eles nenhuma m?gica acontecer?” como diz o conhecido filme (e livro) O Segredo acabam sendo transformados em mais uma forma de “pensamento positivo”.

A prop?sito, outra leitura, ou releitura, muito adequada s?o os livros de Aldo Novak.

Tive a oportunidade de assistir uma palestra dele recentemente e apesar do t?tulo que o condena imediatamente ? fileira de auto-ajuda o que ele escreve, a julgar pela palestra, pouco ou nada tem a ver com pensamento positivo… Bem, ter pensamento negativo n?o ajuda ningu?m ent?o realmente nenhum destes especialistas vai sugerir que sejamos pessimistas… Afinal se n?o acreditamos que podemos chegar a lugar nenhum nem daremos o primeiro passo ent?o ? melhor ficar no sof? em vez de pensar em realizar qualquer coisa.

Pois bem, talvez esta modalidade de gerenciamento de carreira pessoal ou de projetos pessoais n?o seja ?til para todos, mas, a julgar pelo que tenho visto ? ?til para muita gente que torce o nariz para este balaio chamado auto-ajuda. Muitos s?o adeptos do auto-atrapalhamento e nem sabem…