… E vimos um mundo doente

Tentei chorar, mas no consegui

ndios – Legio Urbana

Decidi terminar o ano sem levar nenhum choro de 2009 para 2010!

A Internet se tornou (ns a transformamos) em um grande espelho para olharmos para nossa prpria face: o rosto da humanidade.

Antes dela j haviam os espelhos menores da mdia impressa, falada ou televisiva refletindo em nossas casas os dramas familiares (crimes passionais, maltratos a crianas, psicoses, ganncia) de pessoas que no conhecemos e no nos dizem respeito, mas acabam formando um mosaico do que somos coletivamente ou pelo menos do que nos preocupa coletivamente.

Mas a Internet um espelho diferente pois podemos nos refletir de volta para ela, podemos entrar no espelho e imaginar que nossa presena vai mudar as coisas. A Internet nos permite sair do papel de espectadores e assumir as responsabilidades dos coautores.

Ento quando vemos o que no gostamos queremos abrir nossa boca e chorar, berrar, gritar, urrar ou bradar retumbante e heroicamente!

Entretanto no podemos, ou sentimos que no podemos.

Se abrimos nossa boca online corremos serio risco de sermos processados e normalmente somos condenados como se opiniar online fosse um dos piores crimes possveis.

Em 2009 vimos gente processada ou ameaada de processo por tudo: por no gostar dos docinhos da loja, do atendimento de um bar ou por permitir que outros opinassem em seu prprio espao.

O castigo por se espressar online duro, mas o vazio em nossas almas se nos deixamos dobrar pior portanto no nos calemos!

por isso que vou deixar aqui e agora minhas duas maiores broncas de 2009

O caso da OI Internet celular

J falei com ela dezenas de vezes, no teve jeito. A OI j me levou indevidamente mais de R$400,00.

Os casos na verdade so muito simples

Caso 1 – Configurao errada do GPRS

Tive que contratar um pacote de dados e verifiquei que 2MB seriam o suficiente.

Liguei, contratei o pacote, a Oi me mandou um arquivo de configurao para o celular e pronto, comecei a usar.

No final do ms a conta veio 10 vezes mais alta que deveria apesar de constar consumo de apenas 2MB. Reclamei na certeza do problema ser resolvido, me enrolaram, empurraram com a barriga e dois meses depois me informaram que no reembolsariam nada porque meu telefone estava acessando a Internet pelo pacote de tempo e no pelo pacote de dados.

Em outras palavras a Oi configurou meu telefone errado e quem pagou mais de 180 Reais por isso fui eu…

Parei de usar a Internet no celuar, comprei um Nokia 810 e vou processar a Oi j que ela no me deu outra alternativa.

Caso 2 – Falha do controle

Mantivemos o acesso Internet no celular da minha esposa, a @claudiamello, e ela manteve seu uso normal que sempre foi bem abaixo do meu, mas repentinamente e sem qualquer mudana nos hbitos de acesso dela, a conta veio cerca de 10 vezes mais alta em dois meses consecutivos somando mais uns 300 Reais que tivemos que pagar a mais.

Cancelamos o pacote GPRS dela tambm e agora ela usa o meu Internet tablet quando estamos na rua.

Vale dizer que alguns outros amigos tiveram problemas semelhantes.

Caso 3 – Cobranas descontroladas

Um dia recebemos trs cobranas extras juntas referentes a quatro meses passados. Eram valores pequenos que no entendemos porque no estavam cobrados junto com a fatura mensal que pagamos pelo tal Oi conta total.

No pudemos ferificar imediatamente o que estava acontecendo e naturalmente no pagamos os valores que a essa altura achvamos que deviam ser mais cobanas indevidas.

Como a mais antiga tinha mais de um ms uma semana depois deles mandarem as cobranas bloquearam todas as minhas comunicaes, incluindo Internet.

Num dia que a gente no podia parar de trabalhar fomos obrigados a ir para a rua passar por uma maratona de pagamento e comprovao para s poder voltar a trabalhar no dia seguinte…

Metr Rio e a catraca que come passagens

Essa foi essa semana passada, o jeito do Metr nos desejar feliz ano novo ou pagar o dcimo terceiro dos funcionrios.

Como no sabamos quanto tnhamos nos cartes pre-pagos do Metr verificamos o saldo antes de passar: 7,20 e 3 Reais respectivamente.

A @claudiamello passou, mas sobraram apenas R$1,60. Eu fui bloqueado com saldo insuficiente, mas a mquina assim mesmo sacou 2,8 me deixando apenas com 20 centavos no carto.

Falamos com o segurana que nos informou que era s ligar para o nmero no carto.

Liguei no dia seguinte…

A central deles no tem qualquer controle das operaes que so feitas no carto, esse controle s est disponvel na estao onde ele foi usado!

Mas ento porque no resolveram na hora?

Ao telefone ainda me informaram que mandariam um email em 3 dias com as instrues que eu devia levar para a estao a fim de pegar o reembolso.

Naturalmente esse email no chegou…

Ontem pequei o metr novamente, mas, j atento, fiz questo de olhar o saldo antes e depois e no deu outra: mais uma vez foram cobradas duas passagens em vez de uma. E olha que fui em outra mquina!

Dessa vez, depois de insistir muito, o segurana consultou as operaes feitas no carto e constatou que realmente entrei apenas uma vez mas foram cobradas duas.

O que acontece que o “modernssimo” sistema do Metr/Unibanco no espera a roleta ser girada para cobrar mais uma passagem. Se voce vacilar e demorar demais com o carto encostado no sensor ou encostar duas vezes ele cobra duas vezes ou at mais suponho.

Apesar disso ter ficado muito claro o segurana se recusou a tomar qualquer iniciativa, assim como o supervisor da estao.

O que me disseram foi que eu me enganei e passei o carto duas vezes e isso, perdi minha passagem!!! Hein???? Imagina se eu tivesse mal de parkinson!

Ao comentar com os amigos vrios disseram que o carto no confivel e que j perceberam que os crditos acabaram muito rpido.

Nem quero pensar na quantidade de gente que recebe pouco dinheiro por ms e fica apertado para comprar comida depois do Metr Rio devorar seus parcos rendimentos! D um embrulho no estmago, viu?

Eles vo me reembolsar essas trs passagens, no sei como, mas vo!

E nunca mais vou usar cartes do Metr. Estou pensando em usar o Rio Card.

Concluso

Aquele papo de que o cliente tem sempre razo, de responsabilidade social, modernizao, busca pela perfeio etc. para algumas empresas no passa de hipocrisia e marketing vazio que ignora que as pessoas do outro lado do espelho agora esto olhando de volta! Esto se encontrando umas com as outras e isso s vai se intensificar!