Quase todo mundo cansado na minha TL do Facebook. No Twitter a coisa est? mais tranquila porque a “atra??o gravitacional” dos papos l? ? menor e n?o se desenvolvem debates que acabam descambando para as fal?cias, cren?as e agress?es pessoais no desespero para defender um ponto de vista que acaba ganhando v?us de profecias apocal?pticas caso a vis?o pol?tica oposta prevale?a.

Funciona mais ou menos assim:

Me convenci que o candidato ou partido X ? terr?vel e continuar? sendo terr?vel no futuro, ent?o tudo de pior que puder acontecer acontecer? se ele tiver poder.

A partir da? vejo os amigos de um lado achando que o inimigo do terr?vel ? maravilhoso ou que o terr?vel vai instalar uma ditadura no pa?s.

Em desespero nossos amigos entregues ?s emo??es se espancam verbalmente, ainda que muitas vezes recorram a ironias mal controladas, e estranho chegam a se espancar de verdade nos casos mais extremos.

Uns poucos ficam de fora olhando a briga. Desses tem os Jedi que est?o mobilizados, mas preferem n?o se entregar ?s emo??es percebendo que isso compromete seu julgamento, e os Jaba que n?o est?o nem a? para nada mesmo e que s? querem curtir a princesa Leia de biquinis.

Seja como for: um turbilh?o de desgastes emocionais, de gente se bloqueando, gente entregando seus ?dios, gente parando de se seguir…

Mas, sabe que acho que ? um pre?o que temos que pagar para ter uma sociedade melhor (e amigos melhores tamb?m)…

Ali?s ? uma boa oportunidade para sermos pessoas melhores, n?o acha? Se n?s cedemos a generaliza??es do tipo “eleitor do X ? fascista, homof?bico, machista” ou “Eleitor do Y ? burro, vagabundo, ing?nuo” ? uma boa parar para pensar sobre como temos observado o mundo…

Vou confessar que meus esfor?os para n?o generalizar o lado mais oposto ao meu n?o tem sido muito bem sucedidos. Cada vez que entro na timeline de algu?m mais engajado encontro o mesmo ter?o de preconceitos e fobias.

Isso acontece, na minha opini?o, porque a gente olha para os que chamam aten??o e os que chamam aten??o s?o os fan?ticos. Boom! Decep??o na certa.

Entrei tamb?m nas TL de amigos mais engajados do “meu lado” e vi um monte de piadinha malvada e generaliza??o preconceituosa contra o outro lado.

? claro que a maldade com nosso inimigo nos parece engra?ada enquanto aquela contra n?s d?i, n?? Voc? consegue se colocar no lugar do outro? Eu… nem sempre…

Vamos sair piores ou melhores disso?

Acho que tem medo e decep??o para todo lado, mas humanos s?o sobreviventes.

? tudo mais dif?cil para os mais radicais, os que viram dem?nios nos advers?rios tratando-os como inimigos e destilando raiva e at? ?dio inclusive contra amigos, mas dif?cil n?o ? imposs?vel.

Acho que toda essa hist?ria serviu pouco para nos fazer perceber o que eu acho mais importante e comentei l? no Meme de Carbono no post Elei??es 2014.

Resumidamente: Pol?ticos e a m?dia s?o pe?es em um tabuleiro onde os jogadores somos n?s e as corpora??es. As corpora??es movem a economia e n?s movemos o consumo. Quem se organiza melhor manda mais nos pol?ticos e na m?dia.

Por outro lado, ao redor dos que defendiam fanaticamente suas posi??es, vi muita argumenta??o, reflex?o, busca de informa??es pois a maioria das pessoas n?o eram fan?ticas “de carteirinha”.

? muito dif?cil ter uma vis?o clara desses grupos, n?? Quantos fan?ticos, quantos do lado X, quantos do lado Y, que outros lados existiam e por a? vai.

Essa polariza??o entre dois lados ? outra coisa que achei interessante pois tenho a impress?o que as pessoas estavam enxergando bem as diferen?as entre as propostas dos candidatos.

Ah! Tem isso tamb?m!

Muito embora as pessoas votem em anjos salvadores ou para tentar impedir dem?nios torturadores eu sempre vi o voto como uma declara??o de que conjunto de propostas pol?ticas queremos para os pr?ximos anos e acho que as pessoas em geral estavam pensando nisso tamb?m, ainda que meio inconscientemente.

Enfim…

Foi ruim?

Hummm… Foi desagrad?vel.

Quero que acabe logo para eu ter paz at? perto das pr?ximas elei??es?

N?o… Qu? n?o ;) Prefiro o desgaste a ver meus amigos alienados esperando para ser cidad?os um m?s a cada dois anos ou quatro porque o engajamento mesmo ? para eleger o presidente.

? claro que ningu?m, ou quase ningu?m, consegue manter esse f?lego polemista por mais de dois ou tr?s meses e as coisas devem se acalmar, mas vou torcer para mais gente pesquisar mais tanto as coisas que acha legais quanto as que acha ruins.

J? descobri que muita coisa que eu achava legal era ruim e muita coisa que me parecia ruim era legal. A gente tem que ter, no m?nimo, humildade, n??

Sei que um bocado de gente passou a se afastar dos amigos “do outro” lado recorrendo aos filtros que o FB permite, mas a vida n?o tem filtro e creio que o debate e participa??o pol?ticos v?o aumentar aos poucos como eu acho que j? vem aumentando.

Sabe… Eu adoraria s? ficar lendo, indo ao cinema, batendo papo com os amigos sobre quest?es da vida, do Universo e tudo o mais sem ter que me preocupar com o que a m?dia, o marketing, os pol?ticos est?o fazendo para agradar as empresas… mas… eu…

Olha, nem venha pensar que eu penso que tem um punhado de g?nios do crime por tr?s das empresas malvadas! Eu gosto de teorias da conspira??o como divertimento, mas isso ? uma misturada danada entre os m?dias, os povos, os empres?rios, os pol?ticos etc.

Enfim, quanto mais de n?s decidir tentar entender o cen?rio pol?tico, econ?mico e social em que vivemos melhor. Vamos precisar disso para seguir em frente. N?o tem mais como a sociedade n?o ser um jogador consciente nesse tabuleiro que ? a Humanidade.