O papel dos polticos mudou.

Nem todo poltico sabe disso, na verdade poucos parecem saber.

Surpreendentemente (ou talvez nem tanto) muitos cidados tambm no notaram.

Mas o papel dos polticos mudou.

necessrio falar nisso antes de falar em quem votar pois no se trata de algum, se trata de votar em ideias no em pessoas.

Houve um tempo em que o poltico (pelo menos supostamente) estava mais preparado para representar a coletividade do que a prpria coletividade impossibilitada de se fazer ouvir.

E essa a primeira grande mudana.

A comunicao horizontal permitiu que a sociedade desenvolvesse ideias bem claras e maturas de governo:

  • Transparncia poltica e corporativa
  • Democracia direta
  • Responsabilidade social
  • Cultura como agente de segurana pblica
  • Humanismo
  • Ver as diferenas no como algo a tolerar, mas como riqueza a admirar

  claro que essas ideias no so unnimes, mas essas so as vozes que se destacam na algaravia dos terabytes de dilogos que traam linhas de luz ao redor do planeta em todas as lnguas. Basta observar com ateno e livre de preconceitos. Mas isso assunto para outro post em outro blog.

Uma ltima observao bvia, mas necessria:

claro que no posso dizer em quem voc votar, o que pretendo fazer deixar claros os motivos que me levam a achar que um determinado candidato a opo ideal para todos ns: ricos, pobres, cultos, incultos, empresrios, funcionrios, homens, mulheres…

Leia o subttulo desse blog: a arte o ar que a conscincia respira.

  • Meu voto, antes de mais nada, vai sempre para a arte e para a cultura muito alm do mero ensino formal das escolas.
  • Voto na recuperao de espaos culturais fora do eixo turstico da cidade levando arte e cultura para os jovens entre 16 e 24 anos que hoje so exterminados intensificando a tenso social e dio entre cidados
  • Voto pelo fim as Organizaes Sociais (OS) privadas para onde converge dinheiro pblico da sade e o perdemos de vista
  • Voto a favor das UPAs, mas contra sua restrio ao corredor hoteleiro, turstico e de estdios
  • A paz armada no paz, guerra, portanto voto na mudana da poltica pblica de segurana somente pela fora policial a favor de uma que observe o ensino, a cultura e a incluso de cada regio na cadeia criativa
  • Finalmente, voto em uma mquina poltica que no se alie a milcias ou mesmo a grupos de trocas de interesses

At ontem no via nenhum candidato alinhado a essas ideias.

Via de um lado um candidato aliado a tudo e a todos, inclusive setores religiosos fundamentalistas. De outro um tipo de estrutura feudal onde os pais passam as terras aos filhos e, a propsito, tambm se aliam a setores religiosos que vem destruindo o cristianismo (ao meu ver).

Ontem tive a oportunidade de ouvir o Marcelo Freixo conversando com jovens e fiquei convencido de que ele realmente acredita nos ideais da democracia direta, da cultura como instrumento de desenvolvimento e tem planos consistentes para colocar em prtica as medidas necessrias.

claro que ele nada contra a corrente poltica e s ter xito se a sociedade que grita por uma poltica melhor se levantar do sof como estou me levantando agora. Ser eleito ser apenas um passo, muito embora provavelmente seja um passo histrico do ponto de vista da capacidade de mobilizao da sociedade, mas teremos que continuar mobilizados caso ele seja eleito para que ele tenha fora de nos representar. 

Por ltimo devo dizer que o jogo poltico que funcionou at hoje foi aquele que apela para os nossos preconceitos e medos para nos levar a votar contra o que adiamos e no a favor de ns mesmos. Acabamos elegendo pessoas que nos desprezam tanto quando queles que achamos que so nossos inimigos, mas so apenas alvo do nosso preconceito.