Apesar de nos parecer corriqueira a verdade é que nem usamos bem a Internet e nem a compreendemos bem. Não sabemos bem como funciona ou como é controlada, né?

Nem vou pensar em explicar isso, não vem ao caso, mas na semana passada aconteceu a Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação e os jornais noticiaram que o Brasil e outros países queriam tirar dos EUA o controle da Internet redefinindo a Governança da Internet. Tem um artigo sobre isso na Revista do Terceiro Setor.

No entanto até eu fiquei meio confuso diante do que seria Governança da Internet. Falta uma explicação em poucas palavras e numa linguagem mais comum. Vou tentar.

O negócio é que, sempre que se cria um domínio tipo roney.com.br, ele tem que ser acrescentado na lista de domínios existentes. E no fundo todos estes nomes são números que, na mesma lista, são convertidos em texto.

E quem é responsável por criar e manter esta lista? Hoje são os EUA. Na prática eles podem congelar a Internet inteira se enlouquecerem. Além disso não há qualquer interferência da sociedade civil na manutenção dessa lista, são apenas empresas e, principalmente, governos que a mantém.

A ideia é mudar o esquema de governança incluindo a apreciação pela sociedade civil, ou seja, nós. O melhor artigo que achei foi no Terra Tecnologia com o título Cúpula mundial cria fórum para governar a Internet.

Espero ter entendido e explicado bem o tema. Ele é muito importante uma vez que a Internet é o nosso melhor instrumento para reduzir as injustiças sociais e deve ser preservado.

Por isso mesmo o mais importante seria discutir a democratização do acesso à Rede, mas isso ainda não rolou.

Se bem que, para acessar só Orkut e baixar filminho como a maioria faz, o melhor é não ter Internet e ir ler um livro e se reunir com os amigo…