Eu, Robô I

O peso das suas botas produzem sons surdos sobre a madeira velha da cabana. Os rangidos revelam que, apesar da aparência de abandono, alguém vive ali no meio da vasta floresta temperada. Ele já não teme muitas coisas, pelo menos...

consulte Mais informação