Eclipse Lunar 2007"Voc quer ser feliz ou quer ter uma vida com sentido?"

"No possvel ter os dois pois so caminhos to absurdamente opostos…"

"Para ser feliz voc precisa se entregar totalmente ao momento vivendo-o livre das culpas do passado e das espectativas do futuro. Para ter uma vida com sentido voc precisa estar com os ps fincados no lodo dos atos passados e obcecado pelos problemas a resolver no futuro."

O texto no exatamente esse, mas a idia. Isso vem do dcimo oitavo episdio de Heroes.

Pois … Um seriadinho bobo de tv. Bem longe ainda de um Babylon 5, certamente nenhum Fronteiras do Universo e um nada diante de um Hamlet, mas ainda assim capaz de perturbar.

Eu estou perturbado pelo menos.

Vivo constantemente este cabo de fora entre uma vida divertida e aquele papo que aprendi com o Homem Aranha de "o poder traz responsabilidade".

Confesso que fiquei surpreso com o acesso de reflexo do seriadinho que at aqui vinha bem superficial. Tem at uns ares do Arquiteto de (argh) Matrix no Linderman – o sujeito que falou as frases mais acima – mas veio em boa hora. Estou precisando mesmo pensar sobre isso ou pelo menos cumprir o que disse algum tempo atrs e compartilhar minhas reflexes sem me sentir arrogantemente preocupado que elas no paream encontrar eco.

O mundo segue seu rumo atravs do labirinto das histrias de bilhes de humanos e quem somos ns para dizer que esta curva pior do que aquela?

Existe um meio termo entre a vida com sentido e a vida feliz. 

A foto acima do eclipse da lua no sbado (visto de Londres) para nos lembrar que algumas vezes somos ns que eclipsamos e obscurecemos as coisas.