Mídia famélica


Pensar Enlouquece. Pense Nisso.: Ruth Lemos, Gary Brolsma e Adolar Gangorra

a cada semana novas personalidades são criadas pela necessidade famélica que a mídia possui tem de criar novos personagens, por mais irrelevantes que sejam os motivos que levam um anônimo a ser catapultado para as manchetes de revistas e jornais.

E de onde virá esta necessidade? Estaremos consumindo tão avidamente os sucessos e desgraças das celebridades procurando em suas vidas um escape para as nossas próprias desventuras? É por isso que temos especial gosto por pessoas comuns atiradas ao “status” de celebridade? Para transferir para elas as esperanças e reprovações que deveríamos direcionar a nós mesmos?

Ah! Não, se fosse assim nós estaríamos entre os seres humanos mais frustrados da história e que não teriam qualquer outro prazer além da egolatria e diversões alienadas.

,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!