N?o sou uma pessoa natalina porque sou uma dessas pessoas s?rias que acham que dev?amos ser natalinos e respeitar a vida todo dia. Dev?amos ser “reveilloninos”  todos os dias e fazer algo para que amanh? seja melhor que hoje.

Mas esse ano algo diferente aconteceu.

Tenho muitos motivos para aproveitar o natal e ano novo para festejar o fato de 2009 ter sido um ano com 364 natais e viradas de ano!

Hoje posso descansar de um ano de muitas conquistas e compartilhar com voc?s aquele tipo de alegria pura e t?o rara que nos faz rir simplesmente porque a vida ? boa! As pessoas s?o boas! E amanh?, sem a menor d?vida, ser? melhor que hoje por melhor que hoje seja!

Para festejar esse ano – e porque tenho certeza que o que nos torna especiais s?o as pessoas especiais com quem nos relacionamos – resolvi reunir as coisas mais legais que estou recebendo dos amigos.

Tenho que come?ar pela Lia Am?ncio que mandou um videozinho gravado por ela mesma que para mim tem justamente aquele riso leve bem diferente da piada pesada da TV ou da com?dia onde a gra?a quase sempre est? na mis?ria de algu?m:

Acho que o Bruno resumiu bem o lado s?rio da data:

“Aproveitem toda a experi?ncia que veio, mas guardem os bons momentos e deixem os ruins para tr?s; preocupem-se com suas vidas,  deixem os outros viverem as deles; comemorem as conquistas, n?o remoam os fracassos, porque tudo tem um momento e um motivo.

Enquanto isso, pra que esperar 2010? Vivam muito, amem muito, sejam livres, mas n?o percam o rumo!”

Da M?nica e do Roberto copio isso:

“Tamb?m teremos outras 365 novas oportunidades de dizer ? vida, que de fato queremos ser plenamente felizes. Todo Ano Novo ? hora de renascer, de florescer, de viver de novo. Aproveite esse ano que est? chegando para realizar todos os seus sonhos!”

Bem, talvez n?o todos, mas podemos come?ar a realizar v?rios, com certeza! :-)

Da Isa pego essas palavrinhas:

“N?o acredito nessa coisa de ano novo, vida nova, e de que tudo vai ser diferente a partir de janeiro. Mas certamente n?s vamos mudando aos pouquinhos e a cada dia somos melhores do que ?ramos.”

A Moon mandou um cart?o lindo com bonecos de neve engra?ados e um tipo de encantamento para que nossos dias fossem recheados daqueles milagres cotidianos como a caneca de caf? que algu?m prepara para n?s, achar as chaves exatamente onde achamos que estavam, uma liga??o inesperada de um velho amigo… Ela est? cert?ssima! Podem n?o ser milagres, mas os pequenos gestos puros e apreciar a vida como ela ? s?o as chaves para construir o mundo.

A Lilian mandou um cart?o cheio de desejos de um 2010 id?lico onde a nossa paz e alegria transborde para quem estiver ? nossa volta. Vou tentar me lembrar disso toda manh? ao acordar!

Um senador me mandou uma voz estranha desejando votos padr?o de Natal e Ano Novo… Muito esquisito! :-)

O Dudu tamb?m acha que os amigos s?o o importante do esp?rito do Natal:

“minha grande realiza??o de 2009 foi me cercar de pessoas t?o queridas, e ter a amizade retribu?da. Fica o meu ‘muito obrigado’ aos amigos que conheci em 2009, e aos amigos de longa data que permaneceram amigos ao longo de mais um ano”

Ele nem precisava te mandado a letra de War is Over do John Lennon, mas concordo que, mesmo batida, vale a pena reler sempre!

A Manu (do Rio, n?o a de Minas que tamb?m alegra meu dia sempre que lembro dela) escreveu algo divertid?ssimo falando que j? desejou que tiv?ssemos tempo, depois compreens?o e esse ano ela nos deseja Disposi??o! Vale a pena ler inteiro. Guardei aqui: http://roney.posterous.com/sim-e-um-email-de-final-de-ano

Disposi??o ? uma s?bia sugest?o, afinal estamos saindo de um mundo onde precis?vamos nos conformar em obedecer para um onde somos co-criadores da nossa realidade, mas isso, apesar de maravilhoso, ? assunto para outros dias :-)

E por falar em s?bios n?o d? para esquecer essa cr?nica dos natais passados quando as pessoas e n?o os presentes estavam no centro da festa: http://coisasdojunco.blogspot.com/2009/12/sobre-o-natal.html

Foram tantos amigos mandando palavras de ano novo! Esse email j? est? longo e de qualquer forma eu esqueceria alguns, mas creio que a mensagem est? clara: Se uma coisa mudou para melhor no mundo foi que estamos cada vez mais pr?ximos uns dos outros. Seja por causa da Internet, do telefone ou do celular a gente consegue driblar a massacrante m?quina de produ??o e consumo da sociedade do espet?culo e criar espa?os de conviv?ncia onde um minuto vale por duas horas.

Esse mundo online ? um mundo de palavras, torpedos, emails, tuites e imagens, ? verdade, mas quem se satisfaz em interagir somente online?

Se imagens falam por 1024 palavras os atos falam por terabytes e preciso terminar essa mensagem lembrando n?o as palavras, mas os atos de uma amiga querida que morou quase seis meses aqui em casa e agora est? a caminho do Canad?.

Uma amiga “virtual” como 80% dos nossos amigos. Uma amiga que veio para o mundo “real” (como 80% dos amigos “virtuais”) e compartilhou nosso espa?o provando dia-a-dia que as pessoas n?o s?o apenas palavras vazias no natal e que todos carregamos dentro de n?s aquela amizade pura e alegria leve do karaok? da Lia l? no come?o dessa longa mensagem de Natal e Ano Novo.

Ela ? uma pessoa rara e especial, mas todos somos raros e especiais quando conseguimos (diariamente) ser maiores que o mundo virtual (sem aspas) constru?do por nossos medos e que faz a humanidade parecer um virus ego?sta, mesquinho e perturbado quando a verdade ? que nenhum de n?s ? assim:

n?s somos a voz que muda o mundo coletivamente. Sempre fomos. Foram as pessoas como voc? e eu do passado que constru?ram tudo que h? de bom em nossa civiliza??o e n?s somos e podemos muito mais que eles. Somos mais humanos, temos mais empatia, somos mais livres, respons?veis e sabemos que queremos construir um mundo onde todos s?o respeitados.

Essa, portanto, ? minha mensagem de natal: A ?nica ilus?o nas mensagens natalinas ? que elas est?o fadadas a ficarem presas na hipocrisia de um dia sequestrado pelo consumismo, elas s?o a realidade di?ria que s? n?o percebemos porque n?o estamos vendo claramente no meio do turbilh?o de est?mulos e informa??es.

E que no Natal do ano que vem voc? possa festejar 360 dias de conquistas!