A foto que ilustra o post Denise Stoklos por Thas Stoklos (material promocional). Quem assistiu “Vozes Dissonantes” entender por que usei essa foto.

Antes de continuar: pode ler o post sem medo que eu conte algo que vai estragar a graa de ver o filme ou ler o livro. Eu no gosto de fazer spoiler.

A histria

A Chicago do futuro uma cidade cercada por um muro e dividida em cinco faces: audcia, amizade, abnegao, erudio e franqueza.

O objetivo da diviso foi acabar com as guerras e cada grupo defende uma forma de imped-las.

Quando as pessoas dessa sociedade chegam aos dezesseis anos elas passam por um teste que mostra para qual faco ela tem mais aptido e, em seguida, ela escolhe em qual quer mesmo ficar. Normalmente as pessoas, independente do resultado do teste, optam por continuar na mesma faco em que nasceram.

Tris, nossa protagonista, entretanto tem “inconclusivo” como resultado do teste. No possvel determinar para que faco ela tem aptido e isso a torna perigosa para o sistema.

Nesse primeiro livro ns acompanhamos os questionamentos pessoais e descobertas da Tris conforme ela passa pelo processo de seleo para a faco que escolheu.

Sim, pois nem todas as faces aceitam todos os candidatos e, se voc falha, acaba se tornando um sem faco. Um tipo de mendigo.

Para quem ?

Olha, considera-se que o pblico dele um pouco mais novo que o de Jogos Vorazes, ou seja, l pelos treze anos, mas isso no quer dizer que as pessoas de dezesseis vo achar chato, no vo, s que ele tem uma estrutura menos complexa, tem menos questes polticas que a gente acha que um jovem humano de treze anos no vai perceber, mas claro que muitos percebem.

Enfim, uma histria que no tem nada de infantil, mas no complexa, entende? Acho difcil algum achar bobo. Vou explicar logo abaixo porque acho difcil acharem bobo.

Por que legal?

Em primeiro lugar o estilo literrio aquele bem pop que a gente l sem ter que se esforar ao contrrio daquele tipo de literatura que temos que descobrir metforas e significados escondidos no jeito de organizar as frases e construir as cenas (apesar de que eu adoro literatura assim).

Ento um bom livro para ler quando ficamos presos no trnsito, de bobeira esperando os amigos para ir ao cinema ou depois do almoo quando no temos disposio para fazer o dever de casa e no aguentamos mais ver TV ;-)

S que claro que no isso que torna o livro legal, isso o torna fcil de ler, n?

Tem muitas coisas que achei legais na histria.

Tem muito sangue!

Brincadeira, sou menino e at achei legal que no tenham subestimado os leitores escondendo a violncia de uma faco que adora a coragem, mas essa no uma das coisas que so muito legais. Alis, acho uma pena que tenham tirado isso do filme, mas vou falar disso depois porque ainda no fui no cinema.

A primeira coisa bem legal a Tris se descobrindo, sabe? Tentando entender qual a natureza dela e tudo mais. Acho que, mesmo quando a gente j adulto, estamos sempre tentando entender melhor quem somos, do que temos medo, que tipo de amigo a gente , que tipo de amigo queremos ter.

Alis os amigos so outro ponto bem legal da histria. No vou dizer muito, mas tem dois tipos de amigos ao redor dela. Os dois tipos so legais, mas a enxergam de formas diferentes. Vou deixar para voc descobrir isso lendo o livro e dizer que tipo voc preferiria ter.

A coisa de dividir a natureza humana em cinco faces tambm bem interessante pois nos d uma oportunidade para pensar no s em ns mesmos, mas nas diferentes formas de ver o mundo.

Talvez eu no dividisse nessas cinco faces, mas foi uma boa ideia ter uma que erudio em vez de razo, uma que abnegao em vez de f e outra que audcia em vez de coragem. Afinal, quem busca a razo vira um erudito arrogante (sabe o que erudito? algum quetem vasto saber adquirido pela leitura)? Quem religioso abnegado (nem todos dessa faco so religiosos, mas uma tendncia)? Quem tem coragem desafia o tempo todo o perigo e uma pessoa com tendncia violncia?

S de estimular esse tipo de pergunta j legal. Acho que bons livros nos fazem pensar porque uma histria que passa e s nos diverte legal na hora, mas no deixa ecos, entende? Pouco tempo depois a gente at esquece de quase tudo que leu (a menos que voc tenha excelente memria) e histrias que te fazem pensar continuam ecoando na sua cabea por meses ou at anos.

Divergente assim e espero que Insurgente e Convergente tambm! Conforme for lendo vou fazendo post para eles tambm.

O que chato?

DR. , tem um romance na histria (oh! No diga!? Hehehe) e acho que rola umas Discusses da Relao meio fora de hora e olha que sou um menino que gosta de DR, viu?

Tris, a protagonista uma pessoa forte bea, sabe? E tem horas que ela tem umas coisas de criana que eu acho que no combinam muito com ela e isso vem do que eu acho que tem de mais chato no jeito que a Veronica Roth escreve:

Eu acho que a Veronica fora a barra da histria para ela ficar mais comercial, para vender para mais gente, entende?

Sinto que as histrias tem uma vida prpria, alm dos planos que o autor tem para elas tem coisas que vo acontecendo no subconsciente dele (do autor) e que ele simplesmente se v obrigado a colocar na histria e isso torna tudo muito mais rico.

Divergente parece um tipo de histria domesticada.

Veja bem, eu realmente no acho que isso torne o livro ruim. Eu gostei muito pois as coisas legais pesam bem mais do que esse jeito meio cimentado que eu vejo e, na real, outras pessoas podem no concordar que a autora fez isso de cimentar a histria.

A ltima coisa chata que, como hoje em dia religiosidade parece sinnimo de odiar os outros e ser irracional, d um certo nervoso ao desconfiar que a histria tem um certo tom religioso representado pelo carinho que a autora parece ter com a abnegao e a implicncia que alimenta contra a erudio e a forma que a coloca como vil.

No final do livro tem at uma pgina de agradecimentos que comea com Deus e Jesus Cristo.

Mas, olha, sou um crtico voraz dessas religies modernas cheias de preconceito e, mesmo que a autora siga uma delas, eu acho que o livro no tem nada de fantico, mas nada mesmo. S coloco como uma coisa chata porque, se voc uma pessoa religiosa de verdade ou humanista e est preocupada com o que est sendo feito com as religies ento pode ficar com uma pulga atrs da orelha conforme for lendo o livro (mas s se voc for mesmo uma pessoa bem crtica, ok? Acho que a maioria pode at no concordar com essa minha implicncia).

Alm disso esse o tipo de coisa chata boa, pois nos faz pensar no que ou deveria ser religiosidade. Ser que os religiosos modernos (esses que chocam tanto ateus quando outros religiosos) so abnegados? Erudio, coragem, amizade, sinceridade tambm no deveriam ser qualidades deles?

Alis essas coisas no deviam ser qualidades de todos ns?

Concluso

Ainda preciso ler os dois livros seguintes para dar um veredicto final, mas at aqui acho que uma histria que vale ser lida.

uma aventura distpica (o contrrio de utopia, ou seja, em vez do futuro ter dado muito certo ele deu muito errado) que nos leva a refletir sobre amizade, sobre ns mesmos, sobre moral, tica e at sobre religiosidade (bem de leve e s se esse for um assunto que j te interessa).

Apesar de ser mais simples que Jogos Vorazes levando algumas pessoas a dizer que para um pblico na faixa dos treze anos ele mais violento do ponto de vista fsico. Tem bastante sangue e as pessoas se machucam de verdade.

Eu acho que jovens de onze a treze anos e at mais novos podem ler esse tipo de coisa, que ver a violncia, em vez de nos tornar violentos, nos faz pensar melhor nela, mas isso algo que cada famlia deve decidir, n? Uma famlia da abnegao no deixaria seus filhos lerem esse livro ;-)

Para comprar