Imagem: Open up to imagination Ryan Hickox Cc

Ent?o voc? senta diante do papel, da m?quina de escrever, do computador ou segura seu tablet se preparando para escrever uma obra de fic??o e a? pensa “como ser? o mundo onde a hist?ria vai acontecer?”.

Pois a escritora de livros infantis Kate Messner decidiu compartilhar o processo criativo dela justamente nessa situa??o apresentando uma lista de dicas que podem ser realmente ?teis:

S? que…

Ser? que pensar em um mundo diferente e depois criar personagens e acontecimentos para ele ? a ?nica forma de construir uma hist?ria? Ser? que ? ao menos a melhor forma?

Quando fiz o projeto Um S?bado, Um conto procurei usar um processo criativo para cada conto e explicar como ele funcionava (consegui nos 14 primeiros, depois passei a misturar intuitivamente).

A grande verdade ? que cada um de n?s tem as suas formas de encontrar criatividade e, al?m disso, a constru??o de uma hist?ria ? uma combina??o de? m?todo e criatividade.

A pessoa mais criativa pode iniciar aparentemente do nada, usando as imagens, personagens e situa??es que surgem em sua cabe?a como se uma musa a assombrasse. Outras precisam criar todo um ambiente, escolher um tema e imaginar um mundo onde ele seria interessante ou pensar em um mundo diferente (algumas vezes apenas ligeiramente diferente do nosso) e ver o que pode acontecer.

Os dois caminhos s?o bons e, na verdade os dois normalmente se completar?o.

A minha impress?o ? que o m?todo de construir um mundo e depois buscar o que colocar nele funciona mais na produ??o de uma obra pop, constru?da para atender a demanda atual do mercado.

Por exemplo, hist?rias de drag?o est?o fazendo sucesso, ent?o vamos pensar em um mundo com drag?es.

Podemos nos informar sobre os mundos de drag?es que j? foram criados e tentar fazer alguma coisa ligeiramente diferente para que o nosso mundo tenha alguma originalidade.

? claro que posso estar errado nessa suposi??o e criar o mundo antes da hist?ria seja apenas o jeito ideal para algumas pessoas encontrarem inspira??o.

Entretanto tenho forte convic??o que uma boa hist?ria emana antes de boas personagens, situa??es ou ideias e que, s? depois, elas definem o mundo onde acontecer?o e n?o o contr?rio.

Talvez eu esteja apenas incomodado porque o v?deo pode dar a impress?o de que o processo criativo ? algo mec?nico, estruturado, l?gico e, bem, eu fa?o parte do grupo de pessoas que atribui um valor meio sagrado ? criatividade bruta (? quase uma f? e n?o deve ser seguida com exagero como qualquer outra f?).

Nesse caso talvez o melhor objetivo para esse post ? dizer que cada um de n?s ter? os seus caminhos preferenciais e, inclusive, eles podem mudar dependendo da ?poca da nossa vida ou at? do nosso humor no per?odo, ou das coisas que acontecerem ao nosso redor no dia.

As dicas do v?deo s?o muito boas, as 14 estrat?gias que usei nos primeiros contos do Um S?bado, Um Conto tamb?m e voc? certamente encontrar? os seus pr?prios jeitos, o importante ? n?o se “engessar” com aten??o exagerada a t?cnicas ou f?rmulas.

Em uma coisa os acad?micos est?o certos: conhecer v?rias t?cnicas ? ?til tanto para nos ajudar a tornar nossas hist?rias boas para outras pessoas al?m de n?s quanto para que saibamos como violar as t?cnicas surpreendendo at? n?s mesmos.