Recebi mais uma vez um texto fazendo crer que a crueldade das nossas cantigas de ninar so parcialmente responsveis pelo estado em que o Brasil est hoje.

Bem, isso no faz qualquer sentido. Primeiro que as nossas cantigas so quase todas importadas de Portugal e l no est to mal. Segundo que praticamente todas as culturas submetem suas crianas a terrveis cantigas e fbulas.

Apesar de estarmos beira da era do conhecimento ainda temos uma tendncia a receber e aceitar o que nos "ensinado" pelos textos e opinies que nos transmitem. muito importante que nos perguntemos sempre "Ser mesmo?" Ainda que faa muito sentido. claro, quando algum defende um ponto o faz com algum sentido e omite o que no faz sentido em sua teoria por desonhecimento ou m f. Mas este post no sobre com lidar com as informaes no sculo da informao.

A questo : As cantigas que falam sobre dor, medo, raiva, perda, decepo, preconceito e violncia so ruins para as crianas?

Muita coisa do passado j no se aplica no presente, no h dvida disso, mas criar um universo de fbulas e cantigas infantis que produzam a iluso de um mundo de harmonia ser o suficiente para que estas crianas dissolvam no futuro a entropia em que acreditamos viver? Duvido.

A minha opinio que saudvel viver na fantasia as situaes que viveremos um dia de verdade como a perda de um amigo para a morte, a rejeio no amor ou o preconceito. Mas no vamos ficar com a minha opinio apenas. Vou pesquisar alguns especialistas e colocar abaixo o link para artigos deles.

O que seria ento um bom conto de fadas ou cantiga infantil moderna?

Bem, temos Stardust de Neil Gaiman, o Triste Fim do Menino Ostra e a Maldio da Moleira so bons pontos para comear a refletir a respeito das boas histrias para crianas.

Eles ainda so terrveis em alguns aspectos, ainda lidam com realidades que nos incomodam, mas h um novo tom.

Em primeiro lugar so… menos infantis. Sim, apresente a uma criana de 8 anos as histrias ou mesmo desenhos que a gerao anterior adorava nesta idade e elas em geral acharo tudo muito ingnuo. A quantidade exponencialmente maior de informao tem amadurecido nossas crianas muito mais rapidamente.

Em segundo lugar h princpios de moral hoje que eram imorais ontem e realmente h princpios de moral de ontem que so profundamente imorais hoje. Isso tambm deve mudar.

No entanto no devemos descartar o potencial dos contos de fadas, fbulas e cantigas de ninar como instrumento para preparar as crianas para o que elas inevitavelmente vivero no futuro.

Lembro bem do medo que tinha do boi da cara preta e como isso me ajudou a enfrentar o medo quando deparei com ele em situaes reais.

Para ler:

Triste fim do menino ostra 

Referncias