Amigo ? que nem flor, a gente tem que cultivar…

N?o pode haver justi?a se a lei for absoluta…

Errar ? humano…

Quando a gente se expressa por chav?es n?o h? risco em sair dando opini?o sobre tudo, mas se pensamos um pouco fora da caixa como dizem nossos primos estadunidenses a coisa se complica.

Tenho mania de ficar falando de religi?o, religiosidade e paradigmas como a sociedade do conhecimento ou do consumo e depois percebo que olho para as coisas de um ?ngulo t?o diferente da maioria que acabo n?o sendo compreendido e soando profundamente preconceituoso ou arrogante.

Um ?timo exemplo ? o post que escrevi para criticar uma apresenta??o que, ao meu ver, chama um rapaz incr?vel de ingrato e… bem, para in?cio de conversa a maioria achou que eu estava criticando o rapaz e n?o a apresenta??o.

Estou escrevendo por causa do post de ontem e tantos outros onde falo sobre religi?o e d?o a n?tida impress?o de que desprezo ou considero os crist?os seres inferiores. N?o ? bem assim. Tamb?m passo a impress?o de ser ateu, at? j? escrevi um post dizendo que  sou publicamente ateu.

N?o ? certo ou justo fazer pouco de religiosos indiscriminadamente e n?o ? isso que pretendo fazer muito embora possa ser interpretado assim.

A minha cr?tica ? ? sociedade do consumo onde toda consci?ncia ? superficial e toda cren?a ou princ?pio n?o passa de um chav?o proferido sem qualquer reflex?o como se f?ssemos uma sociedade de cascas vazias hipocritamente cobertas com roupas de papel crepom.

Ultimamente a v?tima tem sido a religi?o, mas poderia ser a pol?tica, filosofia de vida, princ?pios, moral ou qualquer outra qualidade que um humano deve demonstrar. Isso ? parte do meu pr?prio processo pessoal.

Por falar em ultimamente… Ultimamente meus posts est?o grandes demais…

Sendo assim, resumindo:

  1. As melhores pessoas que eu conhe?o s?o especiais justamente por serem coerentes com sua espiritualidade
  2. As piores pessoas que conhe?o s?o hip?critas que se vestem externamente de princ?pios que n?o seguem
  3. Ao meu ver espiritualidade ? extremamente ?ntima, n?o podemos compartilhar com os outros nossos Deuses e sempre que tentamos fazer isso estamos na verdade impondo nossa superioridade e demostrando arrog?ncia
  4. O que podemos compartilhar uns com os outros para moldar um futuro mais humano s?o pensamentos e princ?pios humanistas

Tudo que escrevo em torno destes temas ? neste sentido, se parece diferente ? porque me expressei mal ou pulei etapas entre o seu paradigma e o meu tornando-o incompreens?vel.