A sabedoria uma meditao sobre a vida e o sbio pensa em tudo, menos na morte.

Baruch Espinosa

Quando era adolescente eu lia muito, mas li muita besteira e deixei de ler muita coisa boa. Agora estou tentando recuperar a leitura perdida pegando os filsofos e alguns clssicos como Fausto e Paraso Perdido.
Esta frase ai eu achei fantstica! Espinosa viveu em meados do sculo XVII e j nos alertava para isso.

J notou que nossa civilizao anda meio mrbida de uns sculos para c? O pior que a gente nem nota pois idias muito antigas acabam entrando no rol de verdades universais.

Imagino que exista em algum lugar uma cultura que ficaria deslumbrada com nossa obsesso com a vida aps a morte.

Se algum da nossa cultura fosse atirado l e comeasse a discorrer sobre nossas teorias a respeito do umbral, shambala, bonus hora e paraso a platia admirada logo diria que devemos viver em um mundo maravilhoso, perfeito e sem problemas.

– No! Somos uma espcie cheia de naes, culturas em conflito, guerras econmicas e entre as diversas vises de como a vida depois da morte! – Diria nosso compatriota estranhamente transportado para aquela outra cultura.

A platia ficaria ento atnita e algum perguntaria

– U? Mas se vocs ainda no se entenderam e no terminaram de construir sua vida antes da morte porque se preocupam tanto com a vida depois dela?

… Talvez seja este o nosso problema… E talvez por isso eu no lembre de gente como o Frei Betto, o Leonardo Boff ou o Nilton Bonder falar em vida depois da morte, mas sempre da vida agora.