Imagem: Material promocional do filme

Assisti Star Wars, o Despertar da For?a no dia 18 ?s 17h50.

J? falei sobre a minha rela??o com a saga Star Wars em outro post.

Foi

Muito

Mais

Do

Que

Eu

Esperava!!!!!

Vai ter spoiler, ok? Ent?o, se n?o viu o filme ainda para aqui!

Parou? T?. Vou continuar.

Bem, se voc? quer uma an?lise s?ria, um estudo antropol?gico sobre o que essa nova trilogia pode vir a ser d? um pulo no meu blog sobre cibercultura para ler sobre O Despertar da For?a e a jornada do her?i no s?culo XXI (tem um v?deo tamb?m).

Aqui vou falar s? da minha experi?ncia com o filme que ? tamb?m uma experi?ncia com amigos.

O momento mais forte para mim foi depois que o filme acabou e uma amiga querida me olhou nos olhos e disse com a voz embargada “sabe quanto tempo esperei para ver uma Jedi humana?”

A vida toda ela esperou. Essa amiga tem 36 anos. Quase chorei com ela.

Mas antes deixa eu contar como foi desde o come?o, n?o do filme, da ida ao filme.

J? falei (no post linkado l? no come?o) que demorei a ficar com vontade de ver o epis?dio VII e comprei os ingressos s? uma semana antes e apenas para mim e para a minha esposa.

Sempre fazemos essas coisas em grupo, mas como todo mundo j? tinha comprado… Paci?ncia, n??

A? um amigo disse que ainda n?o tinha visto e perguntou qual era a nossa sess?o. Depois veio a amiga que j? tinha assistido, mas precisava ver de novo e ainda apareceu outro amigo com o filho e a namorada (do amigo, n?o do filho) que ? uma amiga tamb?m

Ficou meio confuso esse par?grafo, n?o ?? Foi assim: eu e minha esposa, a? veio um amigo, depois a amiga que esperou a vida para ver uma Jedi humana, mais um amigo com a namorada e o filho. ?ramos seis portanto. Espalhados pelo cinema porque compramos com dias de diferen?a.

Enfim, nada disso ? l? muito interessante, s? comentei porque para mim foi importante sim! Uma das coisas legais em Star Wars ? a tribo. Tem v?rios filmes que prefiro assistir sozinho at?.

Ver o rein?cio de uma saga que marcou nossas vidas na companhia de amigos ? diferente.

Com eu j? disse, est?vamos espalhados. Ent?o eu e minha esposa vimos sozinhos. Durante os primeiros 10 ou 15 minutos eu sorria como quem v? bichos fofos. Era dif?cil acreditar no que eu estava vendo. Tinha alguma coisa m?gica acontecendo que eu me sentia como se estivesse assistindo o primeiro filme! A? o Han Solo disse para o Finn e a Rey que era tudo verdade, que a for?a existia… e eu chorei pela primeira vez de muitas durante o filme… Ali?s l?grimas t?midas amea?am escorrer de novo agora.

Esticamos depois do filme por horas em um restaurante e, vendo os sinais das l?grimas que correram, a amiga (namorada do amigo) me perguntou o que me emocionou tanto.

Na hora eu n?o soube explicar, agora sei.

O filme ? legal. Nota oito talvez. Bom roteiro, boa dire??o, personagens apresentados com calma, ?timas atua??es, um pouco corrido em alguns momentos, principalmente no estabelecimento de la?os afetivos entre os personagens, mas nada s?rio. Enfim. Um bom filme.

Uma obra pode ser nota dez e n?o nos emocionar, n?o deixar uma marca duradoura. Isso vem de outro lugar.

O Despertar da For?a ? uma jornada do her?i exatamente como foi Star Wars IV. Faz sentido inclusive em uma saga t?o inspirada em princ?pios budistas, afinal o tempo ? c?clico, mas a cada ciclo algumas coisas mudam.

? o que muda de Luke para Rey que emociona.

Eu n?o vou dar tanto spoiler assim, t? certo? V? l? ver o filme e observar as diferen?as.

Se bem que… Tenho visto tanta, mas tanta gente dizer que ? igual que talvez seja melhor dar umas dicas.

Ent?o vai ter mais spoiler sim!

No epis?dio IV bastava existir o Luke para salvar a gal?xia. No fim das contas ele faz tudo praticamente sozinho. J? agora temos um grupo de her?is. Cada um, Finn, Rey e Poe fazem algo importante para cumprir a miss?o.

Luke era um adolescente padr?o do s?culo passado, meio mimado, meio ego?sta (eu sei que todo mundo acha que o adolescente moderno ? pior, mas isso n?o ? verdade) enquanto a Rey ? muito mais madura e, principalmente, tem mais empatia.

No final das contas as coisas que acontecem, tipo come?ar num deserto, um poder tirano com uma arma de destrui??o em massa etc s?o muito parecidas com as que acontecem no primeiro epis?dio da trilogia cl?ssica, mas a hist?ria ? MUITO diferente.

Outro ponto ? que a Rey ? uma Ronin, uma samurai, digo, uma Jedi sem mestre. O Han Solo n?o faz o papel de Obi-Wan como alguns dizem. E veja se a gente n?o vive em uma era em que temos que descobrir sozinhos o caminho da civiliza??o porque o que temos ? frente ? novo e desconhecido? Somos todos Reys descobrindo nossos poderes com a Internet e nossa capacidade de mobiliza??o fazendo amigos meio instant?neos para nos levantarmos contra tiranias… T? ligado? T? ligada?

Tem outra coisa que gostei muito! A personalidade do Kylo Ren! O mal n?o ? poderoso, controlado, atraente como na trilogia cl?ssica! Ele parece mais um dos trolls mimados que nos enchem a paci?ncia no col?gio e nos coment?rios do Youtube.

Vou te dizer que n?o entendo algu?m n?o gostar desse filme, mesmo que seja algu?m que adorou os epis?dios I, II e III e n?o gosta da trilogia cl?ssica (deve existir) e fico achando que talvez a hist?ria acabe mexendo com quest?es dif?ceis para essas pessoas e elas acabam procurando do que reclamar.

Claro que tem personagens que parecem muito importantes e passam voando como a Phasma e o General (era general?) Hux, mas temos mais dois filmes pela frente sem falar em todo material extra que ainda deve surgir por a?! Tenho certeza que as “falhas” de O Despertar da For?a s?o quase todas prepara??es para nos encantar mais ? frente!

Para concluir vou s? dizer um sacril?gio: acho que, para mim (aten??o, para mim, ok? PARA MIM! Hehehehe) esse foi o melhor Star Wars de todos!