Imagem: Material promocional

Uff! Acabei de assistir! Poucas vezes nos meus tipo 50 anos de vida eu vi uma hist?ria assim!

Geralmente penso muito antes de fazer coment?rios, mas momentos assim s?o raros na vida e fico muito feliz pelos que s?o adolescentes hoje e podem ver coisas assim que nada perdem para os da minha adolesc?ncia como O Clube dos Cinco ou Curtindo a Vida Adoidado. Que eram ?timos para a ?poca, mas n?o conseguem abra?ar as principais camadas e sutilezas de hoje.

Pode ler sem medo. N?o fa?o spoillers, ou seja, n?o vou revelar nada do que acontece no filme. Voc? poder? descobrir cada detalhe por sua pr?pria conta.

Enquanto assistia eu era tomado pela vontade de ter escrito essa hist?ria para poder mergulhar ainda mais a fundo naquelas pessoas fant?sticas que eu estava acompanhando! Vou ler o livro que ? o que vai dar agora.

Tamb?m fui notando como um deles se parecia comigo. Provavelmente tem uma pessoa ali para quase toda pessoa que sente a vida com intensidade.

S?o tantas camadas que essa hist?ria vai tecendo delicadamente que ? dif?cil definir o que eu sentia enquanto vivia com eles, sim, porque ? f?cil ser se sentir l? entre eles de um jeito que poucas hist?rias s?o capazes. Pelo menos na minha vida n?o creio que tenham sido mais de dez.

M?rito tamb?m da dire??o, montadores, produtores, roteiristas e dos atores, com certeza.

Estou no c?u agora, sem saber se choro ou se rio, se come?o a assistir de novo para estar com eles novamente, se estou triste ou feliz. Como tem sorte os adolescentes de hoje… J? disse isso?

A hist?ria poderia facilmente ser real. Ningu?m ali ? perfeito, como todos n?s que enfrentamos maiores ou menores traumas e temos que aprender a lidar com eles. Algumas vezes superando-os e outras vezes n?o.

E tem poucos conflitos ou traumas atuais que n?o est?o nessa hist?ria.

Tamb?m s?o poucos os tipos de amizade e supera??o que n?o est?o nessa hist?ria.

Incr?vel, n?? Em um filme do tamanho normal e que nem corre, nem se arrasta.

? claro que voc? pode n?o gostar, pode achar que uma pessoa jovem, com menos de, digamos, 16 anos, n?o deva assistir por ser pesado demais, no entanto ? bom considerar que ? muito prov?vel que essas pessoas jovens estejam muito perto de outras que est?o vivendo as mesmas hist?rias.

E v?o precisar de ajuda. E se ver ou ver os amigos e amigas em um filme delicado e cuidadoso ? uma grande ajuda. Fui salvo de muita coisa por livros e filmes.

T? falando s?rio. Sem o que li e assisti na adolesc?ncia muito provavelmente eu n?o estaria aqui ou seria uma pessoa horr?vel (acho que sou ok pelo menos).

Talvez seja por ter uma alma de escritor, talvez seja algo que essa hist?ria faz com a gente, mas sinto uma enorme vontade de fazer o mesmo pelos outros que os autores de As Vantagens de Ser Invis?vel fizeram!

Esse tipo de hist?ria s? tem um problema: ao aquecer um vazio que talvez todos n?s tenhamos (e olha que tenho aquela meia d?zia de amigos raros como… Bem, leia, assista!) nos deixa com outro vazio que ? a vontade de sentir que todo mundo tem um pouco da infinitude e pureza que encontramos ali no meio de todas as limita??es e impurezas de uma civiliza??o que cresce r?pido demais nos deixando perplexos, assustados e perdidos.