Quadrinho de uma HQ sobre perguntas e respostas

Clique na imagem para ver a tirinha inteira, pode mudar sua vida :)


domingo, alguns amigos acabam de sair do culto vespertino na bela igreja presbiteriana de Copacabana e vo caminhando pelas ruas do bairro sem direo enquanto conversam animadamente sobre os mistrios do universo.

D! Vc acha mesmo que no tem mais vida nenhuma alm de ns no Universo inteiro, Clara?

Eu no disse isso, Raphael, o que eu disse que duvido que eles tenham vindo para c. Voc tem preguia de ir

para a Barra, porque acha que uns aliens vo atravesar milhares de anos para vir nos ver?
Os dois so os mais animados do grupo, gostam de discutir e at parece que decidem discordar de propsito, bem capaz deles estarem dizendo exaamente o contrrio em uma semana.
Mariane, Viviane, Carlos e Cludio esto muito ocupados pensando em onde o grupo vai se espalhar para conversar, namorar e aproveitar as ltimas horas do domingo.

T, Clara, ento como voc explica todos os ovnis que as pessoas enxergam todo tempo? Tem vdeos no Youtube! E os sons que vem dos cus? T cheio de provas!

Clara a tpica nerd que tira notas altas no colgio e gosta de passar o tempo lendo ou estudando a menos que esteja saindo com os amigos e, afinal de contas, o jogo discordar, certo?

So Devas Raphael! Tipo fadinhas, saci perer, boitat! Hihihihihihihi!

Ela olha para ele se perguntando se ele vai entender a insinuao dela, os outros amigos viram para eles por um instante e repetem “Boitat?” e caem na gargalhada antes de voltar a decidir onde iro. Talvez tenham rido da palavra, talvez da audcia da Clara.

P, Clara, t falando srio! Se tiver aliengenas entre ns bom a gente saber, pode ser perigoso!

Ele no entendeu a insinuao e clara sorri com o canto da boca com uma dose de ironia e triunfo, mas tambm com o carinho dos amigos de verdade que podem se dar ao capricho de sacanear uns aos outros.

Raphael, essas hipteses eram muito srias no sculo retrasado. As pessoas se preocupavam mesmo que pudesse ter seres sobrenaturais na natureza que poderiam interferir em nossas vidas. Agora ningum mais acredita nisso… Nem a gente que protestante pensa tanto em anjos mais, todas as coisas sobrenaturais ficaram to distantes… Alis podem ser anjos de Deus tambm, porque no? Talvez sejam fissuras no espao tempo, visitantes humanos do futuro ou o Doctor nos visitando na Tardis para ver se est tudo bem! Hihihihi!

H quanto tempo voc est preparando essa resposta, Clara? Achei que voc ia perder o flego no meio, ficar rocha e desmaiar! E ele solta uma uma risada de quem decide perder a rodada ou vai mudar de estratgia T, bom, t bom, eu percebi que isso no uma resposta e sim um monte de perguntas. No sou burro e nem esquecido, sua boba!

“Vamos para o pontinho” dizem os outros amigos em coro. Pontinho uma casa de sucos de esquina que tem uns lugares logo em frente onde eles podem se amontoar e assistir as pessoas passarem e a noite se aprofundar.

Os assuntos seguem errticos entre as trilogias literrias do momento, ondas de protesto popular, as provas finais do colgio que se aproximam e, claro, o flerte natural entre jovens com menos de dezesseis anos.

Raphael ainda olha meio distante para os outros refletindo sobre como ele gosta da ideia de seres de outros planetas entre ns, como ele abraa feliz essa resposta enquanta gente como a Clara parece ter medo de respostas… Ou ser que ele que teme um mundo de perguntas onde o cho onde pisamos pode se transformar a qualquer momento? Mas isso pode ficar para depois porque a Clara j est mergulhada num papo sobre esmalte com a Viviane e Mariane, que faz o corao dele bater meio oco dentro do peito, est sozinha com seu aa olhando para os outros e rindo aquele sorriso que faz a noite parecer dia…