S no ano passado fiquei sabendo sobre memes. Foi lendo Deus, um delrio, de Richard Dawkins.

Achei meio bobo na ocasio.

Depois ouvi outras coisas sobre memes e comecei a perceber que, no mnimo, eles talvez nos sirvam como um tipo de teste do joelho.

Lembra aquele martelinho com que batem em nosso joelho quando somos crianas para ver se nossos reflexos esto ok?

Os memes podem nos ajudar a entender o que estimula nossa mente.

Na primeira vez que ouvi a palavra “meme” acho que foi o Zander ou o Hiro Kozaka que falou se referindo a msicas que colam no ouvido, mas tem os vdeos tambm que ultimamente me parecem estar sendo mais propagados do que as msicas.

Tem memes vdeo ridculos como a dana do quadrado que at mereceu uma stira pelos Dezequilibrados, mas tem memes muito interessantes que me fizeram refletir.

Hoje, com um ano de atraso, descobri o Daft Hands – Harder, Better, Faster, Stronger que j foi visto por mais de 19 milhes de pessoas:

Antes de esbarrar nele achei outro meme inspirado nesse ai de cima:

Gostei ainda mais deste segundo e no foi por causa dos corpos das moas, mas por achar mais criativo enquanto o primeiro meme mais difcil de fazer.

Vale a pena ler na pgina delas no Myspace – Daft Bodies Chicks – como e porque elas fizeram o vdeo

Estou longe de ser um estudioso da evoluo da mente ou qualquer ramo da cincia que me conceda autoridade para opinar sobre memes, mas tenho uma opinio leiga a dar…

Enquanto eu via estes memes me esforava mentalmente para ver cada palavra lendo tudo. Foi divertido para a minha mente se forar a trabalhar cada vez mais rpido para acompanhar a mensagem e os detalhes de cada movimento.

A minha opinio que os memes mais poderosos atualmente de alguma forma atingem diretamente a sua inteligncia, que a nossa espcie, pelo menos os internautas, tem prazer em raciocinar cada vez mais rpido.

Vale um teste qq dia…

Ah! J que mostrei mos e moas, aqui vai o meme com homens: