At? o s?bado passado eu n?o sabia o que era a A??o Global. Nunca tinha ido a um e tinha apenas uma id?ia parcial dela.

Gente, pessoas, isso ? o que faz diferen?a em tudo, n?o ??

Vendo de longe a A??o Global ? apenas um monte de servi?os oferecidos ? popula??o. Algo bom, mas que levanta muitas quest?es como “Porque o SESI, a Globo e outras empresas tem que bancar isso quando o governo devia cumprir esse papel?”

Visto de perto ? algo totalmente diferente, ? ver de verdade como s?o as pessoas e descobrir que, volunt?rios e “pov?o”, s?o gente bonita e em franca evolu??o.

N?s dependemos demais de intermedi?rios para ver uns aos outros. Nos assistimos atrav?s das coberturas jornal?sticas ou, pior ainda, de estat?sticas. ? assim que no final ficamos com um povo de um lado que se sente desprezado e de outro um povo que se sente melhor do que os outros.

Mesmo quando nosso governo for muito melhor creio que iniciativas como essa devem continuar existindo.

Vale a pena explicar um pouco melhor o que ? a A??o Global.

O que ? a A??o Global?

? a reuni?o volunt?ria de diversas empresas privadas ou p?blicas que re?nem volunt?rios entre seus funcion?rios para criar um espa?o de aproxima??o com a popula??o.

A coisa mais importante para qualquer sociedade ? um bom ensino fundamental, mas logo depois disso vem a proximidade entre as v?rias camadas sociais e ? isso que acontece em um evento como esse.

S?o mais de quarenta servi?os prestados que v?o desde informa??es de sa?de, alimenta??o e de higiene at? acessoria jur?dica passando por exames m?dicos e oportunidades de emprego. Tinha at? blogueiras de moda dando dicas para a auto-estima. 

Um dos momentos mais emblem?ticos foi quando choveu e v?rios volunt?rios se juntaram aos outros para jogar futebol. ? bom que o futebol n?o seja a ?nica coisa que temos em comum e que passemos a ter em comum tamb?m eventos como a A??o Global.

Casamentos, muitos casamentos!

Pode me chamar de sentimental, mas um dos motivos de ter ficado at? o final foi para ver mais de 40 casais se unindo l?! S? faltou ter casais do mesmo sexo, mas tenho certeza que verei isso no futuro.

A beleza disso est? no fato de que provavelmente todos eles poderiam ter casado em cart?rios comuns, mas me parece que o senso de coletividade contagia as pessoas e lhes d? vontade de contruir futuros. Assim foi com o bombeiro Erik que se fantasia de mosquito da dengue e fez o pedido de casamento ainda caracterizado de mosquito em uma edi??o da A??o Global.

Enfim…

Agora que conheci quero dar um jeito de ser volunt?rio em edi??es futuras!

Ai embaixo, da esquerda para a direita, est?o Luciana, Fl?via (do @oatelievirtual), eu e a @ClaudiaMello. Vou ficar devendo o nome da segunda mo?a.

Mais informa??es