Por que algumas vezes ? t?o dif?cil notar que estamos sendo preconceituosos? Que nossas opini?es est?o partindo do medo (talvez uma das maiores fontes de preconceito) e n?o de princ?pios morais?

O homof?bico, o preconceituoso, acham que est?o se colocando contra a degenera??o da sociedade por “sentir” que negros, mulheres, gays, imigrantes e outros s?o errados pois lhes causam desconforto.

“Desconforto” ? uma intui??o, um sinal de que h? algo a ser entendido ali.

Pode ser algo em rela??o ao outro, pode ser algo em rela??o a n?s mesmos.

N?s humanos temos sistemas de alerta que nos dizem que algo est? fora da ordem comum (n?o necessariamente da normalidade) e que podemos estar em risco.

Se n?o aprendemos a observar essas intui??es pelas lentes da raz?o e do auto-conhecimento somos arrastados para erros.

N?o saberemos distinguir entre os riscos externos e falhas internas.

Tentaremos resolver fora de n?s o que ? um problema da nossa mente.

O preconceito contra o homossexual nos impede de encarar traumas que nos levaram a isso ou a nossa pr?pria sexualidade que n?o se encaixa nas expectativas que aprendemos.

O preconceito contra o imigrante pode estar nos impedindo de ver que n?o estamos nos qualificando ou dedicando adequadamente ao nosso trabalho e portanto perdendo espa?o para quem aproveita essa oportunidade.

Preconceito ? a op??o de n?o ir a fundo em nossos sentimentos, n?o buscar a raz?o por tr?s das nossas intui??es, ? optar por uma vida inconsequente levada ao sabor imprevis?vel dos ventos.

Fonte da imagem: Gay Star News no FB.