Imagem: Rotten por Torbakhopper no Flickr

H? muitas ab?boras que parece boas por fora, mas est?o mofadas por dentro.

Bem antes da Primavera das Mulheres que ocorreu aqui no Brasil recentemente quando milhares de posts e v?deos se reuniram em torno da #tag #MeuPrimeiroAss?dio j? era feio em muitos ambientes se assumir machista.

Os preconceitos em geral felizmente vem sendo rejeitados cada vez mais nas duas ?ltimas d?cadas, principalmente os contra as mulheres.

Tudo parte da?, n?o ?? Quanto menor o sexismo mais r?pido todo o resto avan?a.

Essa semana surgiu o #MeuAmigoSecreto com o objetivo de trazer para a tona todos aqueles machismos velados como “Diz que ? humanista e n?o feminista” ou “Diz que as feministas n?o se d?o ao respeito”.

Receio que a #Tag tenha sido mal escolhida e que seja derrubada facilmente. J? vi artigos nos jornais grandes falando que o objetivo ? denunciar veladamente os machismos dos pr?prios contatos e, claro, algumas pessoas est?o usando para isso mesmo (e indireta quase nunca d? em coisa boa).

Por isso escrevi esse post rapidinho, para as poucas centenas que ca?rem aqui (que j? mais do que as dezenas que v?o ver no FB) lembrem ou descubram que o objetivo ? nobre. Espero que todos voc?s produzam algo legal com a #MeuAmigoSecreto, ok?

E, caso a tag degenere, quem sabe surge uma tipo #MeuMachistaSecreto ou #MachismoNoArm?rio que me parece bem mais descritivas (apesar de se perder a refer?ncia ?s festas de amigo secreto de fim de ano).