Que absurdo! Eu n?o escrevi nada ontem! Eu jurava que tinha escrito algo ontem! Gostaria de escrever todo dia porque tem todas estas coisas na minha cabe?a… Id?ias, devaneios, opini?es, d?vidas… Nossa! Muitas d?vidas!

Comecei a duvidar aos 11 anos quando descobri que, conforme a f?sica de Einstein, a gente n?o passava de energia que parecia s?lida no que me pareceu na ?poca um tipo de ilus?o.

Bem, pensando melhor eu duvidava muito antes. Creio que toda crian?a duvida.

O que acontece ? que, esta caracter?stica de crian?a, eu nunca abandonei.

Por mais que a gente duvide tem coisas que a gente esquece de duvidar. Nos acostumamos com elas e nem pensamos a respeito. Que nem ensinar pela for?a, batendo. Pelo menos para algumas pessoas que ainda batem em seus filhos sob pretexto de educ?-los.

Adestramento InteligenteEu mesmo esqueci de duvidar disso no que se referia ? educa??o canina. S? agora que tenho um c?ozinho de 31Kg (e uma esposa brilhante) fui levado a duvidar do adestramento pela for?a, comprei o livro do Alexandre Rossi (aqui ao lado) e tenho um educad?ssimo (embora medroso) amigo que aprendeu tudo sem apanhar.

Tamb?m passei umas tr?s d?cadas sem duvidar de v?rios pontos b?sicos da religiosidade.

Basta parar para pensar em qualquer coisa para notar que h? muito a rever, muito a descobrir sobre cada pequena ou grande base da nossa cultura, moral, cren?as…

Convic??es… Teve uma ?poca em que eu, duvidador convicto, falava em questionar “minhas convic??es”! V? se faz sentido? Se ? convic??o n?o se questiona! ;-) E isso n?o faz muito tempo!

A todo momento estamos sendo incoerentes em algum ponto. Hoje o meu alvo s?o as incoer?ncias das convic??es religiosas que, se s?o convic??es, j? est?o erradas!

Se religi?o ? um meio de buscar Deus e se Deus ? qq coisa incomensuravelmente al?m de n?s ent?o qualquer convic??o nos prende a uma vis?o antiga, incompleta e portanto distante de Deus.

? melhor n?o come?ar a falar agora onde esta minha onda de desconstru??o do que eu pensava sobre Deus est? me levando porque isso ? um post, n?o um artigo e muito menos um livro! Vou dizer apenas que at? agora posso at? simpatizar com muito do que os ateus do momento tem a dizer, mas acho que eles s?o a rea??o de igual intensidade e vetor oposto ao fundamentalismo religioso.

Na zona de impacto entre os velhos donos de Deus e seus assassinos modernos h? espa?o para uma Consci?ncia extasiante que nenhum de n?s jamais sup?s porque est?vamos presos aos Deuses que os humanos primitivos foram capazes de “ver”.

Bem, com isso acho que cumpro a sugest?o de um amigo judeu para este judeu desgarrado: em seu anivers?rio aproveite a oportunidade para refletir. ;-)