Argumentos contra a realidade que não acredito que ainda são usados…

Imagem: Big Bang em Cosmos, com Neil Degrasse Tyson (assistam a série!!!)

Vou colar mais abaixo o comentário que fiz a esse vídeo na TL de um amigo, mas acho que valem umas observações preliminares:

1- O embate entre ver o mundo como algo feito para os humanos e uma abordagem lógica e racional já foi vencido há milhares de anos quando a lógica e a razão avançaram a despeito da quase totalidade da humanidade ser absolutamente ignorante. Quanto mais estudamos o mundo, mais ridícula fica a defesa de crenças que não correspondem à realidade. É um embate perdido.

2- É bizarra essa identificação do pensamento de direita com as visões religiosas mais delirantes. É péssimo tanto para a direita quanto para as religiões que deviam estar se renovando, se adaptando, enfim, evoluindo.

Vamos à análise do vídeo: pode ser útil para estudantes do nível fundamental hehehe!

Tá, pelo jeito ele vai “provar” que o cristianismo está certo mostrando que a ciência está errada questionando quatro Big Bangs… Isso já é estúpido.

Mesmo que a ciência esteja errada não significa que a nossa hipótese (ou delírio) preferido está certa. Aliás, a hipótese “Matrix” é bem melhor que qq religião, ou seja, vivemos em uma simulação de computador.

Mas vamos às “provas” de que a ciência está errada.

1- Ele não sabe o que foi o Big Bang. Não foi do nada duh! Quem sugere que tudo veio do nada são as religiões.

2- Não vida vira vida todo dia: quando a mãe transforma carbono, hidrogênio, oxigênio e todos os elementos que compõe nosso corpo em um feto. Também acontece quando comemos alimentos que digeridos, ou ele acha que a digestão consiste em pegar células da comida e colocar no lugar de células nossas? Também acontece quando vegetais transformam hidrogênio, carbono e blá blá blá em vida. E, claro, aconteceu quando cadeias de elementos químicos se formaram criando a primeira estrutura básica que depois viria s ser a base de todas as formas de vida. Esse cara nunca entrou em uma sala de aula ou se esforçou para esquecer tudo!

3- Se embolou todo… Ele quer saber como ocorre a especiação, como começou o processo evolutivo ou como se desenvolveu a consciência humana? Os dois primeiros são óbvios e qq estudante de ensino fundamental tem como entender. O terceiro… Cara, na verdade o terceiro é bem claro também. Em vez de resumir tudo aqui vou indicar dois livros: De Primatas a Astronautas e Para Explicar o Mundo.

4- Moral e busca de sentido. Jura que ele considera isso um Big Bang? Bem… Sobram estudos mostrando que outros animais compartilham vários princípios de moral e ética conosco, principalmente os primos mais próximos também primatas homo, mas não somente. Quanto ao sentido para a vida, bem, teríamos que aprender a nos comunicar com outros animais para saber como eles dão sentido a ela, mas quem tem convívio com outros animais (como cães e gatos) terá facilidade em sugerir hipóteses.

“Não tem nenhuma evidência de avanço gradual em nenhum desses quatro big bangs”… HÃ???? 3,8 bilhões de anos para o desenvolvimento da vida na Terra depois de praticamente 1 bilhão para ela ter surgido não é gradual????

Que vergonha alheia…

E no final a primeira impressão estava certa: Não entendo a ciência, então decido que ela está errada, então o Universo e tudo o mais foi criado por uma divindade…

Muito vergonhoso…