Politicamente incorreto não é descontar seu recalque nos outros

Imagem: Patrick Schöplfin
(pq bullies e vítimas sentem solidão)

Já falei sobre isso, todos já falamos sobre isso, mas o problema persiste, então é bom falar de outras formas para ver se vamos percebendo e agora quero falar justamente a favor, se liga que é a favor mesmo, de quem faz aquelas piadas ou afirmações politicamente incorretas mirando negros, mulheres, vítimas de assalto, estupro, pais perversos etc.

Mas, hei, você aí que acha esse pessoal horrível fique por aqui pois tenho certeza que vai te interessar também.

Vamos direto ao ponto agora: o que nos leva a tirar onda com a cara de quem está sofrendo? A nos divertir com a miséria de uma pessoa que não é má. Afinal ser feio, gordo, torto, vesgo ou qualquer outra coisa que não esteja associada ao padrão de beleza ou sucesso não faz mal a ninguém, concorda?

Você que se chateia porque não pode mais fazer piada com aquela pessoa que bateu com a cara num post e acha que o mundo está chato. Analise seus sentimentos e procure ver de onde vem o seu prazer com o sofrimento de uma pessoa que não prejudicou ninguém, que apenas é um bom alvo para a gente sentir que há alguém ainda pior que nós.

Isso é muito comum nos bullies, nas pessoas valentonas no colégio que diminuem as outras mais fracas ou tidas como mais feias, mais nerds… Quase sempre é porque eles são tratados assim por alguém mais forte. Infelizmente muitas vezes um dos pais, tios, irmãos, irmãs mais velhos que, muitas vezes, por suas vezes também estão se sentindo inferiorizados ou inferiorizadas por outra pessoa.

Pense sinceramente, certo? O seu prazer ao rir do politicamente incorreto é assim? Então, pessoa, lamento que você esteja fazendo bullying com vc mesma! Você não é inferior a ninguém… Quer dizer, todos nós somos inferiores a muita gente, mas somos bons em algumas outras coisas.

Isso merece outro parágrafo: somos bons em outras coisas…

Quando a gente corre para o politicamente incorreto que consiste em humilhar os outros para compensar as coisas que a gente tem vergonha de não ser capaz de fazer estamos desvalorizando as nossas qualidades, as coisas que fazemos muito bem.

Pior ainda! Podemos estar aceitando que não somos bons em nada e só conseguimos nos sentir menos mal deixando outros piores.

Agora falando com você que não gosta de bullying: sacou porque achei que ia te interessar também? Primeiro que você não precisa se sentir mal por sofrer bullying, segundo que talvez você possa até ajudar uma pobre pessoa que se acha tão medíocre que só pode ser alguém se os outros forem ridicularizados.

Mas então Politicamente Incorreto é ruim?

De jeito nenhum!

O politicamente incorreto surgiu para mexer com tabus da sociedade, para colocar na berlinda coisas inquestionáveis porque a moral não permite. Como, por exemplo, George Carlin falando de países que se apropriam de Deus.

É claro que o politicamente incorreto muitas vezes acabará sendo perverso dependendo do contexto.

Uma piada sobre o poder excessivo de uma religião em uma sociedade pode ser perverso em outra onde as pessoas lutam pelo direito de ter essa religião enquanto outra é que tem poder excessivo.

No entanto esse é um efeito colateral com que temos que aprender a lidar. Uma questão de saber encaixar as coisas em seus contextos já que as fronteiras do mundo estão ruindo e continuarão a ruir.