Cinco perguntas sobre amor…

Um amigo bailarino (que a propósito admiro muito como artista e pessoa) enviou 5 perguntas aos amigos dele para ajudar a montar um novo espetáculo. São sobre amor…

Acabei escrevendo tanto que achei melhor compartilhar com outras pessoas e assim maximizar o valor do tempo que investi na resposta! ;-)

Ai vai…

1) Qual a tua música romântica preferida ou que te diga algo

A primeria que me vem à cabeça é Careless Wisper (os amigos antigos sabem pq)

2) Dá um exemplo de um casal perfeito. (Romeu e Julieta, Anjolina Jolie e BradPitt, tua mãe e teu pai) e  porquê?

Valem os fictícios? Casal perfeito real tem eu e a minha esposa amanhã pq a gente vai mudando e aprendendo juntos a ser um casal melhor. Entre os fictícios o que me vem primeiro à cabeça é o formado por Will Parry e Lyra Belacqua (da trilogia Fronteiras do Universo de Philip Pullman), mas não precisa ler o livro, pode pegar Borboleta Tatuada do mesmo autor que é fininho e o casal protagonista é muito parecido. Se nem der para ler esse então é o seguinte… Estes casais estão longe de ser perfeitos, são unidos por um amor puro e desinteressado, até bem juvenil, mas vivem em um mundo (o nosso) onde amor puro, desinteressado e juvenil é castigado com a impossibilidade… Tá, é uma visão triste, mas acho que tem muito a ver com a síndrome do individualismo que pode ser um pouco mais intensa no Brasil, nos entanto desconfio que anda por todos os países do ocidente pelo menos.

3) Ao falar-se de amor qual a primeira imagem que te vem à cabeça?

O prazer de compartilhar o mundo e a sua história de vida com a outra pessoa. Não penso e nunca pensei em posse, dependência (aquela coisa de ‘não vivo sem você’ que não é amor, é carência e falta de amor próprio) ou completar um ao outro. Amor para mim é um tipo de afinidade e de integração, um encaixe de jeitos de ser aliado a sentir-se absolutamente à vontade com o outro.

4) Qual é o lugar ideal para uma história de amor?

Agora que me toquei… A gente tá falando em amor de casal, né? Hehehe!! Bem, não muda muita coisa, a diferença é que no de casal tem atração física e um encaixe e cumplicidade tão grandes que os dois (ou três, o mundo moderno abre espaço para novas estruturas amorosas) querem compartilhar todos os anos das suas vidas e não apenas alguns como acontece com os amigos que veem e vão. Bom, o lugar… Se for amor de amizade a varanda com cadeiras e uma mesa, uma roda de papo na praia, a mesa de bar depois do cinema ou do teatro. Se for para casal… A mesma coisa, mas a dois e com luzes mais fracas à noite ou muita luz e risadas de dia, pode ser na praia, numa caminhada pelo campo. Acho que estou dizendo que o lugar ideal é ao ar livre onde podemos olhar para o horizonte, para o céu e para as coisas vivas que nos lembram do ciclo da vida.

5) Qual é a cor que define o amor?

Branco pois nele estão todas as cores, mas tive que pensar pq não tinha pensado em uma cor para o amor antes. Vermelho é paixão, tesão, que tem no amor, mas não sõ, nem sempre. Pensei um pouco e me ocorreu que amor teria que ser ou preto que abraça todas as cores ou branco que as contém. Como preto tem uma conotação negativa no ocidente fico com o branco.

17 thoughts on “Cinco perguntas sobre amor…”

  1. Achei muito lindo as suas respostas, um bom pesamento do que o o amr hoje ^^
    A escolha do branco foi expetacular….amei =D
    Gostei da sua visão, compreendi o que queria passar e sinceramento hoje o amor não é visto desta forma, o que é uma pena =/
    Mas adorei perceber que alguém ainda pensa assim.
    Um grande beijo.

    Sininho

  2. vao se liberta e oooOOO jesus está voltando e em brave levara sua igreja para o céu e voces será que irao ou nao perguntem isso a si msm fikaram akik na terra sofrendo e nao avera mas morte apenas dores e dores gritos desesperos rancores la em cima no ceu avera paz amor alegria eternamente sejam como nois vamos servi a 1 Deus altisimo q reina e é todo poderoso vamos gentii tenho 16 anos …….. meu nome é nany cris moro np rj e lembre-se q eu irei esta lá no ceu e vou lembrar vcs de tudo isso ok bjuss xauuu

    1. O que vc disse tá meio difícil de entender. O que vc tá dizendo é que amar outra pessoa, tipo para casar, é pecado e que você vai para o céu pq não ama ninguém e vai ficar lá de cima feliz lembrando que a gente tá na Terra sofrendo?

      Hummmm… Bem… Acho que prefiro ficar na Terra sofrendo (por enquanto estou achando bem legal morar na Terra) do que ficar entre pessoas no céu que conseguem ser felizes sabendo que tem um monte de gente sofrendo ;-)

  3. achar o AMOR vardadeiro esta muito dificil,pelo individualismo citado,pelo medo de se doar totalmente e ser sacaneado,mas quando essas barreiras sâo derrubadas,e o AMOR correspondido ele se torna maravilhoso,torna-se complemento um do outro,deseja-se que a outra parte se sinta feliz,nâo ,que por algumas vezes possa haver discordias,mas no final tudo se ajeita a contento.e com o AMOR vem junto na bagagem,carinho,amizade ,sexo,compreensâo E VAI POR AI A FORA so se deseja ser feliz.

  4. AMEI ESSAS PERGUNTAS ELAS ESTÃO SENSACIONAIS E MUITO BEM ELABORADAS. PARABÉNS PARA QUEM AS ELABOROU
    ASS ANA PAULA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>